Top Ad 728x90

Rock On Stage

O site de Heavy Metal brasileiro, Rock On Stage, publica excelente review sobre o cd Came To Stay.

http://www.rockonstage.org

O guitarrista Marcos Garcia de Ribeirão Preto/SP, que já tocou com o AlBerZakh e participou do cd-demo The Queen ( veja resenha ), inicia em setembro de 2004 o VarTroy, um novo e ótimo projeto de heavy metal tradicional, que tem sua formação estabilizada em fevereiro de 2005 com Matheus Calache na  guitarra, Willian Falaschi nos vocais, Estevan Poli no baixo e Gabriel Soares na bateria, além do próprio Marcos. A influência principal é o Iron Maiden, mas você encontrará neste ótimo trabalho demo influências de Judas Priest,  Deep Purple, Angra, Black Sabbath entre outras. Com os objetivos traçados o VarTroy realiza vários shows em 2005 e em setembro deste ano é lançado este primeiro trabalho demo Came To Stay.

Contendo sete faixas mais uma multimídia, nota-se a preocupação da banda em fazer um trabalho competente. Intro faixa que abre Came To Stay tem vários sons que lembram uma guerra ( tema abordado nas letras dos disco ). Feita a introdução temos um heavy tradicional bem executado nos moldes dos anos 80 como o Iron Maiden fazia ( e faz até hoje ) com Live Or Die, para confirmar isso, note as levadas na bateria de Gabriel Soares e o ótimo duelo de guitarras com solos melodiosos e cavalgantes. Outro destaque é o refrão, que já marca logo na primeira audição da música.

A terceira é War That We Can See, que literalmente nos transporta para uma guerra com os efeitos de sirene de ataque aéreo logo de início, seguidos por um grandioso duelo de guitarras de Marcos Garcia e Matheus Calache somados aos ótimos vocais Willian Falaschi. Esta música deve ficar excelente ao vivo e com certeza, deve empolgar bastante a galera. Seguindo com Vartroy - canção que intitula a banda -  iniciada com um solo matador de guitarra e seguindo para um heavy puramente anos 80, onde o grande destaque é a perfeita sincronia das guitarras nos solos e a cozinha de Estevan Poli ( baixo ) e Gabriel Soares  ( bateria ), que atuam em grande forma e fazem desta música uma das melhores do cd.

Com um solo melódico de guitarra temos Cruel Decision, outro baita "heavão" do VarTroy, que possui ótimas inversões em seu andamento. Preste atenção nas cavalgadas do baixo entre os solos de guitarras e diga-me se temos ou não um discípulo de Steve Harris, que toca muito bem?

Em Never Look Back Again, os  destaques são a ótima presença dos backing vocals, a bateria com o uso intenso dos pratos, os duelos nos solos de guitarras e o incansável baixo galopante ( no melhor estilo Iron Maiden ). Os vocais de Willian Falaschi estão ótimos no seu estilo e esta música possui os melhores solos de guitarras do disco. Fechando com Live Or Die ( Remix ) que ficou bem interessante se comparada com a original, onde o maior destaque são os vocais de Willian bem mais soltos.

E não posso encerrar a resenha sem mencionar outro destaque de Came To Stay, a excelente seção multimídia do cd ( diga-se de passagem, muito bem montada ): que possui fotos, release e vídeos de ensaio e ao vivo, que juntamente com as sete canções, credenciam a banda para o lançamento do primeiro full leght. Enfim, ouvindo as belas melodias, os ótimos vocais e os longos e melodiosos solos de guitarras, posso dizer com certeza que o VarTroy veio mesmo para ficar ( bem ao pé da letra do título do álbum ).

0 comentários:

Top Ad 728x90