Top Ad 728x90

Whiplash

Por Fernão Silveira | Em 22/02/10

Vem de Ribeirão Preto (SP), a “Califórnia Brasileira”, terra do chopp e de muitas outras coisas boas, a banda VARTROY, que demonstra profissionalismo e um gosto todo especial por heavy metal clássico e prog metal em seu álbum “Beginning”. O CD traz uma mescla de peso e boa técnica, com produção surpreendente e sólida para um trabalho independente – realizado no “Vartroy’s Home Studio”, de acordo com o encarte do disco. O resultado é bastante favorável.

A história do VARTROY começou a ser escrita em setembro de 2004, quando o guitarrista Marcos Garcia se mobilizou para ir além dos covers das bandas favoritas – nomes como IRON MAIDEN, METALLICA, BLACK SABBATH, JUDAS PRIEST, DEEP PURPLE e OZZY OSBOURNE, entre outros – e começar a executar material próprio. O nome VATROY, conforme a própria banda, é “inspirado pela mitologia nórdica, vampirismo, significando obstáculos que são quebrados a todo instante por cada pessoa”. Bem profundo, não??


As influências musicais e artísticas, reveladas pelas bandas favoritas e pela inspiração para o nome do quinteto, já dão uma boa dica do que se pode conferir ao longo de “Beginning”. O line-up que gravou este CD conta, além de Marcos, com o também guitarrista Matheus Calache, o vocalista William Pelegrino, o baixista Estevan Poli e o baterista Gabriel Soares.

A coluna instrumental exibida pelo VARTROY em “Beginning” é bastante sólida, com total destaque para as guitarras de Marcos e Matheus. O vocalista William cumpre bem o papel, mas é perceptível que ele tem muito mais desenvoltura nas músicas lentas – como a bela “Pain”, por exemplo.

Os principais cartões de visita do quinteto de Ribeirão são “Tomorrow Will Never Die” e “Walking On My Way”. A primeira é bem veloz, transbordando influências de IRON MAIDEN nas linhas de guitarras e na cozinha, com um refrão que fica na sua cabeça após duas ou três audições. Já “Walking…” é mais cadenciada, com tintas prog e boas doses de DREAM THEATER. Ambas muito boas e dignas de agitar os shows do grupo.

Destaques também para “The Journey’s End”, “Garnet” e “Four Elements”, que confirmam o alto nível dos músicos e mostram que os rapazes realmente sabem fazer um heavy metal de qualidade.

Para conhecer mais sobre o VARTROY, dê uma passada em http://br.vartroy.com/ e confira os diversos vídeos e áudios postados ali. Só senti falta de mais material próprio executado ao vivo – os covers predominam amplamente. Vale a pena colocar o repertório de “Beginning” on-line.

“Beginning” – VARTROY

1 – Beginning
2 – Tomorrow Will Never Die
3 – Walking On My Way
4 – The Journey’s End
5 – Garnet
6 – Four Elements
7 – Pain
8 – Live or Die (bonus track)
9 – Faixa multimídia

Produção independente
Site da banda: http://br.vartroy.com/

0 comentários:

Top Ad 728x90